Sábado, 05 de Dezembro de 2020 12:09
43 9 9937 4574
ELEIÇÕES 2020 Eleições 2020!

JOÃO MATTAR RETORNA À VIDA PÚBLICA COM 369 VOTOS

Baixa votação surpreendeu apoiadores e opositores

17/11/2020 11h31 Atualizada há 2 semanas
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
João Mattar Olivato vereador eleito em Cambará com 369 votos. Foto: C.Roberto Francisquini/arquivo Circulandoaqui
João Mattar Olivato vereador eleito em Cambará com 369 votos. Foto: C.Roberto Francisquini/arquivo Circulandoaqui

O ex-prefeito de Cambará, João Mattar Olivato, (PP) marcou seu retorno a vida pública nas eleições deste domingo (15) ao ser eleito com 369 votos, volume considerado pequeno ao ponto de causar surpresa em apoiadores e opositores.

 

João Mattar foi vereador por um mandato nos anos 90 e depois se dedicou a concorrer a chefia do executivo local, sendo eleito em 2012 com larga vantagem. Perdeu a eleição quatro anos mais tarde por também ampla margem para o então candidato José Salim Haggi Neto (MDB). João Mattar é historicamente oposição ao grupo político do atual prefeito Haggi Neto e foi duramente criticado ao longo dos últimos quatro anos sob a alegação de ter sido ele o responsável por destruir Cambará. João sempre afirmou que herdou uma prefeitura em más condições e que passou boa parte do tempo corrigindo falhas de gestões anteriores. Ele costuma dizer que entregou uma prefeitura melhor que herdou. Suas declarações não convencem muito e suas dificuldades e também suas falhas administrativas foram armas nas mãos dos adversários.  

A propósito, Neto se reelegeu com discursos de que seu governo estaria consertando as falhas da gestão Mattar. “Não Troque o Neto pelo duvidoso”, foi o mote de campanha dos vermelhos em Cambará.

Desde que seu nome começou a ventilar como candidato a vereador nestas eleições as opiniões se dividiram. Uma parte dos entendidos de política apontava que João estaria entre os mais votados, enquanto os mais céticos opinaram que ele não conseguiria se eleger ou, na melhor das hipóteses, que Mattar iria reunir votos o suficiente apenas para garantir uma vaga na próxima legislatura. Foi o que se concretizou, frustrando alguns candidatos a vereadores pelo (PP) que contavam com uma hipotética ampla votação de João para também garantirem uma cadeira no legislativo local.

João Mattar terá palanque a partir do ano que vem para rebater as críticas que recebeu.

É esperar para ver.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias