Domingo, 01 de Agosto de 2021 18:38
43 9 9937 4574
BELLA GENTE BELLA GENTE!

GABRIELY VITÓRIA: A MENINA QUE GOSTA DE LER

“Meu amor por leitura teve início muito cedo, foi através das leituras ilustrativas e contos de fadas que minha mãe lia pra mim”, Gabrielly

27/11/2020 17h16 Atualizada há 8 meses
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
Gabrielly Vitória - A Menina que Gosta de Ler
Gabrielly Vitória - A Menina que Gosta de Ler

Gabriely Vitória tem 11 anos. Ela nasceu na cidade paranaense de Colombo, região metropolitana de Curitiba no dia 03 de agosto de 2009 e reside atualmente em Cambará com sua família. Seu comportamento é exatamente igual a toda criança de sua idade. Ela gosta de brincar, conversar e estudar. Quer ser professora, comentou. O que chama atenção na menina é sua paixão por livros. Ela não sabe dizer ao certo como e quando este amor teve início. Ela acredita que pode ter sido sua mãe.  

“Acho que esse amor pelos livros e pela leitura tiveram início muito cedo, foi através das leituras ilustrativas e dos contos de fadas que minha mãe lia para eu dormir”, comentou, “sou muito grata a minha mãe por despertar em mim este hábito tão prazeroso”, reconhece.

Gabrielly diz que os livros e suas histórias fazem com que ela viaje pelo mundo sem sair do lugar.

“É incrível como podemos conhecer o mundo através de um bom livro. O meu companheiro de viagem me dá a oportunidade de conhecer lugares, os povos, suas culturas, aromas e sabores”, comenta, “o livro me leva onde a minha imaginação quiser”, descreve com um lindo sorriso inocente no rosto.

Ela é filha de Daiane da Silva e William de Souza e estuda o 5º anos na Escola Municipal Maria Alice Bittencourt Fort, em Cambará. Os pais orgulhosos dizem que a menina é uma criança atenciosa, amorosa com os irmãos e muito dedicada aos estudos.

“Queremos o melhor para nossa filha e estamos felizes que ela esteja fazendo as escolhas certas para sua vida”, comentaram.

 

Biblioteca Particular

 

A história da Menina que Gosta de Ler começou a circular nos arredores do Mercado Pérola, de propriedade do Manoel dos Anjos. O comerciante, no empenho de ajudar a garotinha,  passou pedir livros emprestados para seus clientes mais chegados e foi numa destas conversas que a história chegou ao jornal Circulando.

Gabrielly narrou sua paixão pelos livros e o sonho de ter sua própria biblioteca. “Leio muitas coisas na internet, mas nada compara a intimidade que um livro oferece”, relatou.

A pequena leitora leu parte do acervo do jornal, herdou alguns títulos oferecido pelo editor que se somaram aos oferecidos pela multi-instumentista Marili Cury Moreira que soube da história e também doou parte do seu acervo. Hoje Gabrielly conta com diversos títulos e autores renomados da literatura universal, tudo bem organizado na estante da casa da família.

Feliz da vida, Gabrielly diz orgulhosa que sua biblioteca começou a ganhar formas.

“É um sonho que está se concretizando, quero agradecer ao Sr. Manoel por ter me ajudado até aqui. Já posso dizer que tenho uma biblioteca para chamar de minha”, finalizou. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias