Sábado, 16 de Janeiro de 2021 20:03
43 9 9937 4574
EDUCAÇÃO! REDE ESTADUAL!

ALUNOS CONTAM EM LIVRO ORIGENS DE FAMÍLIAS DE JARDIM ALEGRE

Estudantes trabalharam com pesquisa documental e em campo, com entrevistas

30/12/2020 15h09 Atualizada há 2 semanas
Por: Nathália Bonhole Fonte: AEN
O resultado foi um livro de mais de 200 páginas que aborda as origens de seus antepassados. A ideia é lançá-lo no primeiro semestre de 2021
O resultado foi um livro de mais de 200 páginas que aborda as origens de seus antepassados. A ideia é lançá-lo no primeiro semestre de 2021

 

Estudantes do Colégio Estadual Cristóvão Colombo, no município de Jardim Alegre, no Vale do Ivaí, encerram 2020 com uma grande conquista. O grupo concluiu o projeto Historiadores em Construção, que envolveu a produção de um livro sobre as origens das famílias que habitam a cidade. Mais de 45 alunos dos ensinos Fundamental, Médio e da Formação de Docentes participaram.

A iniciativa foi uma proposta da professora Rosângela Mendonça, por meio da disciplina de História. O que moveu a educadora foi a reivindicação dos moradores da cidade e, também, a oportunidade de melhorar a escrita dos estudantes.

“Identificamos uma dificuldade na área de produção e interpretação de texto dos alunos, desde o conselho de classe de 2017. Também havia o interesse dos moradores de Jardim Alegre para que fosse escrita a história do muncípio”, explica.

A ideia foi que cada um dos estudantes pudesse trabalhar tanto com pesquisa documental como com entrevistas.

“Foi dada a oportunidade para que o aluno iniciasse no campo da pesquisa, tendo como objeto a própria história familiar”, explica a professora.

O resultado foi o livro “Historiadores em construção: mosaico das famílias que compuseram e compõem o cenário demográfico de Jardim Alegre”, uma produção com mais de 200 páginas e 13 produções textuais.

Meiryelle Lnortovz foi uma das integrantes do projeto. Ela é descendente de um dos pioneiros de Jardim Alegre e descobriu o fato justamente durante as pesquisas para o livro.

“Descobri com essa pesquisa que meu bisavô foi pioneiro daqui e que meu avô foi o primeiro pastor de uma das igrejas de Ivaiporã. Ainda descobri bastante sobre a minha linhagem japonesa, desde a imigração como colonos até a conquista que fez deles proprietários de terras”, conta a aluna.

Para a jovem, ser parte de um importante ponto da história local é um grande privilégio.

“Gostei de descobrir mais sobre as minhas origens, é uma sensação incrível. Não foi nada fácil, pois tivemos bastante trabalho, mas é algo que contribuiu muito para o meu crescimento pessoal, profissional e familiar”.

Outro estudante que participou ativamente do projeto é Ítalo Costenari, que relata a dificuldade inicial.

“Participar do livro foi uma experiência incrível que a gente teve. No começo foi bastante difícil, mas tivemos o suporte da professora. Começou pedindo a nossa biografia, depois fomos levantando a história da nossa família por meio do questionário que ela disponibilizou, além de pesquisa em certidões de nascimento, casamento e óbito”, comenta.

Ítalo também gostou de ser parte do livro por conta do que aprendeu durante o processo.

“Foi um grande aprendizado, não só na área da escrita, mas também sobre a história de cada um. Descobrimos coisas que não imaginávamos sobre nossos pais, avós e antepassados. Agora sabemos de onde viemos, de onde nossas famílias vieram, e isso é muito bom”.

A professora Rosângela destaca também como o objetivo de aprimorar as técnicas de escrita foi alcançado.

“Enquanto professora orientadora do projeto, eu fiz o papel de estimulá-los. Foi importante reconhecer, valorizar e parabenizar conforme as etapas iam sendo vencidas, além de incentivá-los para as próximas”, disse.

O livro “Historiadores em construção: mosaico das famílias que compuseram e compõem o cenário demográfico de Jardim Alegre” ainda não tem data certa para publicação, mas a ideia é que seja lançado no primeiro semestre de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias