Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 21:41
43 9 9937 4574
VIDA PÚBLICA FIQUE DE OLHO!

“HAVERÁ PUNIÇÃO SEVERA PARA QUEM FURAR A FILA DA VACINA”, AJUÍZA WALMIR JOAQUIM

Vereador quer lista de vacinados divulgada no portal de transparência do município

16/02/2021 10h29 Atualizada há 1 semana
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
Walmir Joaquim é vereador e vice-presidente da Câmara Legislativa de Cambará
Walmir Joaquim é vereador e vice-presidente da Câmara Legislativa de Cambará

A Câmara de vereadores de Cambará aprovou na noite desta segunda-feira (15) o projeto de Lei que dispõe sobre a transparência e a divulgação da lista de vacinados no plano municipal de vacinação contra o covid-19, em Cambará. A iniciativa partiu do vereador Walmir Joaquim (PSD) e visa dar tranquilidade de trabalho aos profissionais da saúde e, evitar fura filas.

O vereador alegou que há muitos casos envolvendo esta prática em diversos municípios do Brasil e teme que isto aconteça em Cambará e coloque em dúvida o trabalho sério dos agentes da saúde local.

“Não podemos permitir, em hipótese alguma, quaisquer dúvidas sobre o trabalho da equipe de saúde neste momento delicado e importante da vacinação”, comentou o vereador, “Não podemos permitir que especulações levianas seja usada para tumultuar o processo de imunização do cambaraense”, acrescentou Walmir Joaquim.

De acordo com Walmir Joaquim o importante neste projeto lei é que a comunidade tenha acesso a lista de vacinados e acompanhe os trabalhos da administração e auxiliar na fiscalização.

O Projeto de lei foi aprovado por unanimidade em primeira votação, no entanto haverá a necessidade de uma segunda rodada de votação e prevê punição para quem furar a fila da vacina.

“Haverá punição severa para quem furar fila da vacina”, ajuíza Walmir Joaquim, que espera bom senso  da população e dos agentes políticos para que a vacina não se torne bandeira política na cidade.  “Uma política transparente é um passo fundamental no combate a corrupção”, finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias