Domingo, 13 de Junho de 2021 08:44
43 9 9937 4574
14°

Tempo aberto

Cambará - PR

Dólar com.

R$ 5,12

Euro

R$ 6,2

Peso Arg.

R$ 0,05

VIDA PÚBLICA VIDA PÚBLICA

CÂMARA APROVA EM PRIMEIRA VOTAÇÃO PROJETO DE LEI QUE PRIVATIZA CONTRATAÇÃO DE TRABALHADOR

Vereador João Mattar inseriu emendas aditivas e votou a favor da mudança. “Se for bom para o município voto a favor”, comentou

09/06/2021 08h50 Atualizada há 4 dias
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
VereadorJoão Mattar Olivato: C.Roberto Francisquini/arquivo Circulandoaqui
VereadorJoão Mattar Olivato: C.Roberto Francisquini/arquivo Circulandoaqui

A Câmara de Vereadores de Cambará aprovou, em primeira votação, o projeto de lei complementar que autoriza o Prefeito José Salim Haggi Neto (MDB) a extinguir cargos e a terceirizar a contratação de mão de mão de obra da prefeitura.

O assunto foi motivo de debates ásperos na casa legislativa. Quatro vareadores (Karen Dadona, Geraldo PHN, Walmir Joaquim e Marcio Albertini – todos do PSD) se posicionaram contra o projeto, enquanto os quatros vereadores que formam a base do prefeito (Junior Olivato - MDB, Marcos Tetinha - DEM, Rogério Karetê – DEM e Raffaello Frascate - MDB) defendiam a mudança na lei. Coube ao vereador João Mattar Olivato – PP definir a favor do projeto.

Por telefone, o vereador João Mattar, disse que as críticas que vem sofrendo de correligionários e parte de seus dos eleitores não se justifica, alegando que apresentou emendas ao projeto que garante ter freado o prefeito.

“O que for bom para o município eu vou votar a favor”, comentou.

O projeto segue para segunda votação na próxima sessão ordinária que acontece na segunda-feira (14).

 

Confira abaixo a íntegra das emendas aditivas apresentadas pelo Vereador João Mattar.  

 

1.1 Emenda aditiva

 

Acrescenta-se o §1º, ao artigo 3º, do Projeto de Lei Complementar nº 006/2021, com a seguinte redação:

 

“§1º A contratação de que trata o caput do presente artigo deverá se dar por meio de licitação, priorizada a participação de microempresas e empresas de pequeno porte, sediadas localmente, com vistas a fomentar contratação de mão de obra cambaraense, a promoção do desenvolvimento econômico e social no âmbito municipal, a ampliação da eficiência das políticas públicas e o incentivo à inovação tecnológica.”

 

 

1.2 Emenda aditiva

 

Acrescenta-se o §2º, ao artigo 3º, do Projeto de Lei Complementar nº 006/2021, com a seguinte redação:

 

“§2º As contratações serão feitas por tempo determinado de até 6 (seis) meses, podendo ser prorrogadas por até 1 (um) ano, desde que plenamente demonstrada a necessidade de prorrogação da contratação.”

 

 

1.3 Emenda aditiva

 

Acrescenta-se o §3º, ao artigo 3º, do Projeto de Lei Complementar nº 006/2021, com a seguinte redação:

 

“§3º Enquanto houver servidor efetivo ocupante de cargo colocado em extinção, fica vedada a realização de horas extraordinárias pelos contratados.”

 

 

 

1.4 Emenda aditiva

 

Acrescenta-se o §4º, ao artigo 3º, do Projeto de Lei Complementar nº 006/2021, com a seguinte redação:

 

“§4º No caso da impossibilidade prevista no parágrafo anterior e exista a necessidade de prestação de serviços extraordinários, tais serviços serão executados exclusivamente por servidores efetivos concursados.”

 

 

1.5 Emenda aditiva

 

Acrescenta-se o §5º, ao artigo 3º, do Projeto de Lei Complementar nº 006/2021, com a seguinte redação:

 

“§5º Ao final de cada processo de contratação, o Poder Executivo deverá encaminhar à Câmara Municipal cópia integral do procedimento licitatório correspondente.”

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias