Terça, 03 de Agosto de 2021 15:05
43 9 9937 4574
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

CCJ aprova Dia Nacional dos Desbravadores, em homenagem a adventistas do 7º dia

Medida segue decisão do STF, pela qual o Executivo está obrigado a cumprir a Lei Suplicy

15/07/2021 14h45 Atualizada há 3 semanas
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: Agência Câmara de Notícias
Clube de Desbravadores de Cambará: Foto: imagem de internet
Clube de Desbravadores de Cambará: Foto: imagem de internet

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3936/19, que institui o 20 de setembro como o “Dia Nacional dos Desbravadores”. Como o texto tramitou em caráter conclusivo, poderá seguir para a análise do Senado, a não ser que haja recurso para a votação pelo Plenário.

Segundo o autor do projeto, deputado Tadeu Alencar (PSB-PE), a data foi escolhida “porque, em torno desse dia, em geral no terceiro sábado do mês de setembro, os adventistas do Sétimo Dia em todo o mundo comemoram o Dia dos Desbravadores, como forma de reconhecer a experiência e o serviço social realizado por jovens entre 10 e 15 anos, em estreita relação com as necessidades de suas comunidades”.

O relator, deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), apresentou parecer pela constitucionalidade da proposta. “É um projeto de elevação da cidadania dos nossos jovens desbravadores do Brasil e do mundo”, defendeu.

Desbravadores no Brasil
Ainda de acordo com Alencar, há mais de 1,5 milhão de desbravadores no mundo, em 37 mil clubes espalhados por mais de 160 países. No Brasil, são mais de 7 mil clubes, com mais de 250 mil membros.

“As atividades desenvolvidas nesses clubes objetivam o desenvolvimento físico, mental e espiritual dos jovens, envolvendo orientação sobre saúde, convívio social, família, trânsito, religião, consumo de fumo, drogas e álcool. Não só contemplam o comportamento saudável na sociedade, como promovem o crescimento interior e espiritual de cada um”, afirma o deputado.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias