Segunda, 20 de Setembro de 2021 16:44
43 9 9937 4574
Agricultura Paraná

Banco de Alimentos da Ceasa Curitiba recebe curso de desidratação de hortigranjeiros

Equipe de trabalho feminina participou das atividades. A proposta é aproveitar ao máximo, e com qualidade, os alimentos. Além do processo de desidr...

16/07/2021 12h10
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: Secom Paraná
© Ceasa Paraná / Karin Jaqueline de Paula
© Ceasa Paraná / Karin Jaqueline de Paula

A equipe de trabalho feminino do Banco de Alimentos da Ceasa Curitiba participou nesta semana de curso sobre práticas de desidratação de hortigranjeiros. Realizado na Cozinha Industrial da unidade, o curso foi ministrado pela professora Francelize Chiarotti, engenheira agrônomo do Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

“A proposta é aproveitar ao máximo, e com qualidade, os produtos hortigranjeiros. Além do processo de desidratação dos produtos, mostramos também operações de lavagem, descasque, métodos de corte, fatiamento, formas de preparo, armazenamento e embalagens”, explica a instrutora do Senar.

O curso de 32 horas, é dividido em dois dias de aulas teóricas e outros dois dias em aulas práticas feitas na Cozinha Industrial da Ceasa.

“É importante mostrar as maneiras de como podemos processar esses produtos. Seja para o aproveitamento imediato, como polpas e patês, ou mesmo para o seu armazenamento, devidamente embalados”, diz Francelize. Nas aulas práticas foram reaproveitados os hortigranjeiros destinados ao Banco de Alimentos, que depois de processados, cozidos e refogados viraram patês, mix de saladas, potes de sopas e extratos entre outros.

“Nas próximas semanas teremos mais um trabalho nesse sentido. Desta vez serão atendidas pessoas ligadas às instituições e famílias que estão cadastradas junto ao Banco de Alimentos”, explica Deisy Ferracini, nutricionista da Ceasa.

“A previsão é de que essas ações sejam levadas para os outros quatro Banco de Alimentos, das unidades de Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu. A intenção é também aprimorar o conhecimento de boas práticas de manipulação de alimentos”, diz Paulo Ricardo da Nova, diretor agrocomercial e gerente da Ceasa Curitiba.

A parceria dessas ações incluem ainda o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-PR), e ainda a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias