Quarta, 25 de Maio de 2022 18:48
43 9 9937 4574
VIDA PÚBLICA Vida Pública!

Câmara de vereadores investiga interferência política na vacinação em Cambará

CEI convoca Carolina Bittencourt, Edmar Ferreira e Francisco Peres para depor na próxima terça-feira

04/05/2022 16h18 Atualizada há 3 semanas
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: Da redação
Walmir Joaquim preside a CEI que investiga suposta interferência política na vacinação contra a covid-19 em Cambará
Walmir Joaquim preside a CEI que investiga suposta interferência política na vacinação contra a covid-19 em Cambará

 

 

 

 Por Carlos Roberto Francisquini

 

 

A Comissão Especial de Investigação – CEI ) formada para investigar as suspeitas de interferência política no processo de vacinação contra a covid-19, em Cambará, entre em nova fase.  

Criada após a repercussão de um áudio compartilhado nos grupos de mídia social de Cambará, onde aparecem mensagens da Enfermeira Carolina Bittencourt, endereçadas ao Secretário Municipal de Saúde Francisco Peres, clamando para o prefeito José Salim Haggi Neto (MDB), não mais interferisse na vacinação, sob pena de que ela, Carolina, iria deixar as funções de enfermeira chefe responsável pela crise e pela vacinação contra a covid-19 em Cambará.   

No áudio, Carolina insiste para que o Secretário interceda por ela, já que temia que a situação poderia comprometer sua carreira profissional. “Diga ao Neto, que se ele continuar interferindo na vacinação eu saio”, diz em um dos áudios.

O Ministério Público foi acionado e já ouviu as partes envolvidas, mas ainda não se manifestou publicamente.

O prefeito nega ter interferido na vacinação e diz estar colaborando com as investigações.

A Câmara municipal formou uma comissão para investigar o caso.

Composta pelos Vereadores Walmir Joaquim (PSD) Marcos Roberto de Oliveira (DEM) e Raffaello Frascati (MDB), além de Karen Dadona (PSD) e Geraldo Carvalho (PSD) a CEI da Câmara Municipal se reuniu neste terça-feira (03 de maio) e decidiu convocar Carolina Bittencourt, Edmar Ferreira e Francisco Peres para serem ouvidos na próxima terça-feira (10 de maio).

Na reunião desta terça-feira, todos os integrantes da CEI foram unanimes em afirmar que querem o máximo de transparência na condução dos trabalhos.

“Outras pessoas vão ser convocadas para a oitiva, inclusive o Prefeito José Salim Haggi Neto”, comentou Walmir Joaquim, Presidente da CEI.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias