Quarta, 25 de Maio de 2022 19:19
43 9 9937 4574
Geral Paraná

Estado reforça busca por informações municipais para políticas de resíduos sólidos

As prefeituras que ainda não preencheram os dados na plataforma estadual Contabilizando Resíduos têm prazo máximo até o dia 30 deste mês. A platafo...

11/05/2022 17h51
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: Secom Paraná
Foto: SEDEST-PARANÁ
Foto: SEDEST-PARANÁ

As prefeituras que ainda não preencheram os dados na plataforma estadual Contabilizando Resíduos têm prazo máximo até o dia 30 deste mês. A plataforma foi criada pela Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e servirá de base para a elaboração de políticas públicas voltadas ao setor.

Até o momento, 107 prefeituras preencheram corretamente os dados no Módulo Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), com informações relativas ao ano base de 2021. Outras 50 iniciaram, mas não finalizaram o cadastro, e 242 foram notificadas.

“É necessário preencher os dados referentes ao ano de 2021, pois para a gestão das políticas públicas precisamos trabalhar com o ano fechado”, explica o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.

De acordo com ele, para elaborar diretrizes a respeito da gestão adequada de resíduos sólidos no Estado, é preciso conhecer a realidade dos municípios. “Estamos em uma força-tarefa para orientar os gestores públicos municipais. A informação sobre a realidade das cidades é fundamental para efetivar as políticas sérias voltadas à gestão dos resíduos sólidos”, acrescentou.

OBRIGAÇÃO– Diante da baixa adesão dos municípios em informar seus dados, a Sedest encaminhou, na última semana, ofício aos gestores públicos das prefeituras formalizando a obrigação de alimentar a plataforma. As iniciativas para a gestão de resíduos sólidos visam a preservação do meio ambiente, a adoção de práticas sustentáveis e a geração de emprego e renda à população.

O Sistema Estadual de Informações sobre Resíduos Sólidos do Estado do Paraná (plataforma digital) é uma ferramenta de planejamento. Tal gestão foi instituída pela Lei Estadual 20.607 de 10 de junho de 2021 e teve seus critérios e procedimentos regulamentados pelas Resoluções Conjuntas SEDEST/IAT n° 20 de 20 de julho de 2021 e n° 22 de 28 de julho de 2021.

COMO PREENCHER– Para orientar o correto preenchimento dos dados, a Sedest disponibiliza um  Manual do Usuário , que explica de maneira prática a navegar na plataforma. Também é possível tirar dúvidas através do e-mail [email protected] 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias