Sábado, 25 de Setembro de 2021 01:35
43 9 9937 4574
INSIDE MÚSICA

Um LP antigo pode ter o preço de um carro. Veja se você está rico sem saber

Atualmente, alguns são tão caros que, podem custar o preço de um carro usado.

28/07/2017 13h18 Atualizada há 4 anos
Por: Carlos Roberto Francisquini
Um LP antigo pode ter o preço de um carro. Veja se você está rico sem saber

Da Redação

 


 

 

A febre pelos discos de vinil, que corre forte há pelo menos sete anos no Brasil e no mundo, chegou para inflacionar de forma brutal os antigos LPs. Atualmente, alguns são tão caros que, pasmem, podem custar o preço de um carro usado.

 

Ou seja, se tiver um pouco de sorte, você pode ter uma pequena fortuna escondida no baú de casa ou jogada despretensiosamente no canto de sua estante. Quanto mais clássico, raro e em bom estado o álbum estiver, mais ele valerá no mercado dos colecionadores.

Veja a seguir dez dos discos mais valiosos do Brasil.

 

 

Lula Cortês e Zé Ramalho - Paêbirú (1975)

O álbum psicodélico de Lula Côrtes e Zé Ramalho mistura rock e sonoridade regional. Teve prensagem limitada, de cerca de 1.300 exemplares, mas mil deles teriam se perdido em uma enchente no Recife. A história do disco já ganhou até documentário. É o LP mais valioso do Brasil. O preço? A edição original "ele foi relançado recentemente" pode chegar a cerca de R$ 10 mil.

 

Capa de "Coisas", de Moacir Santos (1965)

 O disco do arranjador, compositor, maestro e multi-instrumentista Moacir Santos é considerado um dos melhores da música brasileira. Recentemente, ele ganhou nova prensagem nacional com preço "pagável". Já o original vale uma pequena fortuna, tanto aqui como no exterior. No site Discogs, que reúne vendedores e colecionadores de todo o mundo, ele sai por mais de R$ 7.600.

 

Roberto Carlos - Louco por Você (1961)

O trabalho de estreia de Roberto Carlos soa como uma mistura de bossa nova "moda na época" e música romântica. A maioria das faixas são compostas por Carlos Imperial. Foi um retumbante fracasso comercial e logo saiu de circulação. O próprio cantor renega o disco. No site Mercado Livre, é possível encontrar uma das cópias em LP por R$ 7.000. 

 

Jorge Ben Jor - On Stage (1972)

Este é o primeiro álbum ao vivo de Jorge Ben Jor (na época, apenas Jorge Ben), gravado no Japão com o Trio Mocotó e lançado pela Phillips em 1972 apenas no país asiático. Com tiragem limitada, é um dos mais raros de um artista brasileiro e objeto de culto para uma legião de fãs do artista e da MPB. O repertório reúne sucessos da década de 1960 e início da de 1970, pouco antes de ele mergulhar no misticismo. Até onde chega o "precinho: R$4,082.88 no Discogs e R$ 7.499 no Mercado Livre.

 

 

Tim Maia Racional, Vol. 1 e 2 (1975)

Tim Maia lançou dois discos nos 1970 sob influência da Cultura Racional, seita derivada da umbanda criada pelo médium carioca Manoel Jacintho Coelho que ganhou popularidade na época. Influenciado pela cultura, Tim largou o vício, emagreceu e cantou como nunca. Quanto esses discos originais valem? Geralmente, vão de R$ 900 a quase R$ 3000. Em perfeito estado de conservação, podem valer o dobro disso.

 

Raul Seixas - Let Me Sing My Rock'n'Roll (1985)

Esta compilação foi feita pelo fã-clube de Raul Seixas nos anos 1980, em uma série limitada de mil cópias numeradas. Como adianta título e capa, traz faixas com forte influência de Elvis e rock clássico. No Mercado Livre, o disco número 67 está saindo por R$ 2.743. No Discogs, R$ 3,318.64.

 

Racionais MCs - Nada como um Dia Após o Outro Dia (2002)

O mundo do hip hop também tem suas preciosidades. Uma delas é o sexto trabalho de estúdio dos Racionais MCs ganhou uma luxuosa versão quádrupla em vinil em 2002, com tiragem limitadíssima. É tido como um dos melhores álbuns da banda e do rap da época. Por causa disso, o valor é alto: R$ 1200, R$ 1500.

 

Sabotage - Rap É Compromisso (2002)

Outra pérola do rap. O LP duplo de Sabotage, também foi lançado em 2002, época em que o CD reinava e poucos se arriscavam a prensar vinis. É um dos discos mais importantes do rap nacional e único álbum completo de Sabotage, que seria assassinado no ano seguinte. Pode ser encontrado por R$ 700 

 

 Robson Jorge & Lincoln Olivetti (1982)

O disco de Lincoln Olivetti, que transformou a sonoridade da música Brasileira, valia menos de R$ 50 até cerca de 15 anos atrás. E não era lá tão difícil econtrá-lo em sebos e lojas de usados. Hoje, uma cópia original em bom estado de conservação tem preço médio de R$ 600. Tem a fitinha K7 dele em casa? Comemore. Há quem a venda na Discogs por R$ 1.000 

 

Beatles - Yesterday And Today (1966)

A foto dos Beatles posando com bonecas de plástico mutiladas e pedaços de carne parece de mal gosto hoje, imagine nos anos 1960. Lançada na época apenas nos Estados Unidos e Canadá, a coletânea teve a capa censurada e logo se tornou raridade. Se no Mercado Livre há uma cópia supostamente original sendo vendido por apenas R$ 290, no Discogs o preço vai até o "infinito": mais de R$ 19.000.

 

Publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias