Segunda, 20 de Setembro de 2021 18:32
43 9 9937 4574
COTIDIANO Lição de vida

Quem é Natanael Silva, o gari sonhador que comoveu Cambará?

Ele virou o assunto da semana depois de postar um vídeo onde cobra critérios de avaliação de servidor público.

01/04/2020 17h30 Atualizada há 1 ano
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
Natanael Silva com esposa e filhos no Santuário de Aparecida - Foto: arquivo pessoal
Natanael Silva com esposa e filhos no Santuário de Aparecida - Foto: arquivo pessoal

Ele é um Silva e seu nome é Natanael.  Tem 33 anos. É casado, tem três filhos e a esposa espera mais um bebê. Ele é servidor público de Cambará. Trabalha como Gari de segunda a sábado, aos domingos é responsável pela limpeza da Avenida Brasil. O servidor público diz trabalhar 363 dias no ano para a prefeitura. “Só não trabalho no Natal e no Ano Novo”, comentou. Para ajudar no sustento da casa, faz bico como entregador de foods (pizza, frango assado etc de quarta a domingo).

 

Para melhorar a condição de vida Natanael se inscreveu no programa de progressão em seu plano de carreira para obter, segundo ele, 4% a mais no seu salário, o que renderia perto de R$50,00 no seu contracheque. O rapaz com histórico de servidor público exemplar esperava progressão na carreira, mas foi surpreendido com a média 5,6, a mais baixa de sua categoria e o impede de ter o direito a progressão. Com mais de oito anos na área, o servidor ficou intrigado com o resultado e quer saber quais são os critérios adotados para a avaliação de um servidor público. No vídeo ele diz que não ter faltas e muito menos se vale dos famosos atestados médicos para faltar ao trabalho. “Não tenho falta, não tenho atestado médico. Trabalho de segunda a sábado com gari e aos domingos com varredor da Avenida Brasil. Procuro fazer meu serviço da melhor forma possível, porque minha nota é a mais baixa do barracão?”, diz com tom de revolta. A repercussão foi imediata. A postagem foi reproduzida milhares de vezes e compartilhas aos montes. Os internautas não pouparam o prefeito de críticas e os comentários são de sentimento de revolta e indignação.

 

E a pergunta que não cala. Quem avaliou o Natanael? Quais os critérios usados para avaliar um funcionário público para que ele possa obter progressão na carreira? Porque Natanael teve a nota mais baixa do setor que trabalha na prefeitura de Cambará, mesmo sendo ele um funcionário com histórico exemplar?

Estas são algumas perguntas que ecoam nos quatro cantos da cidade depois que o jovem gari postou um vídeo na internet.

Informações extra-oficiais apontam que depois da repercussão negativa, o prefeito José Salim Haggi Neto (MDB) estuda revogar as progressões. Este é mais um motivo de preocupação para Natanael Silva. Ele teme que seus colegas de profissão se revoltem contra ele por causa da medida. “O prefeito poderia apenas ver o meu caso, se houve ou não motivos para a minha nota ser tão baixa e apresentar os critérios de avaliação”, afirmou com a ar de preocupação.

 

Gari sonhador quer concluir faculdade de matemática

 

 Natanael sonha com uma vida melhor e para isto está cursando faculdade de matemática na modalidade EAD. Ele junta latinhas de alumínio para ajudar a pagar os custos do curso. “Estou no segundo semestre”, comemora.  

“Apesar de toda correria que faço em meu dia a dia sempre arrumo tempo pra minha família, que pra mim é o melhor que Deus me deu", resume.

Questionado como encontra tempo para cursar faculdade Natanael vai longe. “Tudo na minha vida é uma questão de tempo. Tiro tempo para tudo. Para minha família, meu lazer, meu trabalho. Então para minha faculdade me sobre uma hora por dia na madrugada, onde reviso os temas e aplico no sistema”, resume. “Li uma frase numa revista que dizia o seguinte: Se a vida te der limão, faça dela uma caipirinha, como não bebo nada com álcool, resolvi fazer uma limonada”, brinca. “Viver é espetacular”, concluiu. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias