Terça, 07 de Julho de 2020 00:28
43 9 9937 4574
CIDADES ESTUPIDEZ!

PRAÇA RECÉM-INAUGURADA EM CAMBARÁ SOFRE ATAQUE DE VÂNDALOS

Ato estupido foi registrado no final de semana em Cambará. Polícia deve investigar o caso para que se chegue nos autores da selvageria

01/06/2020 12h47 Atualizada há 1 mês
Por: Carlos Roberto Francisquini Fonte: C.Roberto Francisquini
Imagem da Praça depredada pelos vândalos revolta comunidade cambaraense
Imagem da Praça depredada pelos vândalos revolta comunidade cambaraense

A estupides do ser humano parece não tem limites. Pelo menos para o autor ou autores do ato de selvageria praticado contra uma Praça de Eventos recém-inaugurada no Bairro São José II, em Cambará que sofreu ataque de vândalos no final semana.

 

A sandice de quem praticou o quebra-quebra na Praça, chega a beira da demência humana e causou repugnância nas pessoas que presenciaram o ato crime contra o patrimônio público.  

Não há razões que justifique a barbárie praticada no local, prejudicando a imagem do bairro e comprometendo a recreação dos frequentadores do local, em sua maioria, crianças.  

As imagens foram reproduzidas na internet por um morador e compartilhadas centenas de vezes na rede social. Os comentários são de revolta e pedido de justiça.

A pratica de vandalismo além de ser uma atitude típica dos tolos, é considerada crime previsto em lei. Os tolos devem saber que, depredar patrimônio público, é um crime tipificado no Art. 163 do Código Penal, com pena de 6 meses a 3 anos de detenção.

"Os tolos que praticam vandalismo, são uma espécie difícil de ser decifrada. Não possuem mensagem alguma que possa justificar tal ação. Sabe-se, contudo, que o ato vândalo guia-se pelo instinto animal irracional. Não há lógica de raciocínio em quem depreda um patrimônio público, já que este também o pertence. Fica fácil então deduzir que essa espécie pertence a família dos equídeos ungulados de orelhas proeminentes ou, na linguagem popular, asnos", define o jornalista Nelson Luiz Pereira. 

A obra entregue pela prefeitura no final do ano passado, conta com pista de caminhada, calçadas, cancha acústica arquibancadas, gramado, e luminárias especial. 

A polícia deve investigar o caso.

Estamos de olho.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias