Domingo, 27 de Setembro de 2020 19:40
43 9 9937 4574
NOTÍCIAS PARANÁ EM OBRAS!

GOVERNO DO ESTADO MODERNIZA TERMINAL RODOVIÁRIO DE TOLEDO

Em obras desde o ano passado, a rodoviária recebe investimentos de R$ 1,8 milhão, a fundo perdido, do Governo do Estado

31/08/2020 14h21 Atualizada há 4 semanas
Por: Nathália Bonhole Fonte: AEN
Reivindicação da cidade, obra melhora a estrutura para os usuários, oferecendo mais segurança e acessibilidade
Reivindicação da cidade, obra melhora a estrutura para os usuários, oferecendo mais segurança e acessibilidade

O comerciante Marcos Aparecido dos Santos passa pelo Terminal Rodoviário Alcido Leonardi, em Toledo, na Região Oeste, de duas a três vezes por semana. É o meio do caminho entre a casa, em Assis Chateaubriand, e o trabalho. Ele sabe bem da importância da revitalização pela qual o espaço está passando.

“Tem de cuidar muito bem. É um cartão-postal, a primeira imagem de quem chega à cidade”, diz, com a experiência de quem conhece outras estações de ônibus Brasil afora.

Em obras desde agosto do ano passado, a rodoviária recebe investimentos de R$ 1,8 milhão do Governo do Estado. Os recursos, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, são a fundo perdido, por meio do Programa Plano de Apoio aos Municípios (PAM). Ou seja, sem necessidade de devolução. A contrapartida municipal é de R$ 94 mil.

“O Governo do Estado tem uma preocupação muito grande em cuidar dos municípios. Toledo é um polo importante de desenvolvimento do Paraná e precisava de um terminal rodoviário mais moderno, atualizado, que ofereça todas as condições necessárias para os frequentadores”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

O terminal foi construído em 1985 e passou por apenas uma reforma desde então. Diretora de projetos de engenharia da prefeitura de Toledo, Stella Fachin conta que a modernização contempla uma área de 2.425 metros quadrados. Inclui pintura, troca de esquadrias metálicas e revestimentos, revisão na parte elétrica, instalação de piso tátil, elevador, cercamento, recapeamento asfáltico, construção de um novo ponto de táxi, reforma dos banheiros, entre outras melhorias. A expectativa é que seja concluída em outubro.

“A estrutura não foi ampliada, mas sim modernizada. Fazia muitos anos que o terminal tinha a mesma configuração. Precisava ser melhorado porque é a porta de entrada do município”, ressalta.

Ela destaca dois tópicos que caracterizam o projeto de reestruturação: segurança e acessibilidade.

“Colocamos grades no local de entrada e saída dos ônibus para evitar que pessoas andem por ali livremente e corram riscos. E trocamos as rampas, que estavam fora das normas, por um elevador, garantindo mais conforto e acesso fácil”, explica a arquiteta.

ELOGIOS – O empresário Rogério Hasegawa estava conhecendo a nova estrutura da estação de Toledo enquanto aguardava a chegada do ônibus com destino a Ivinhema, no Mato Grosso do Sul. Gostou do que viu, especialmente das melhorias executadas nos guichês de venda de passagens, além do recapeamento asfáltico e troca do piso de toda a estrutura do terminal.

“A parte de embarque e desembarque ficou perfeita, muito bacana”, diz.

“A obra ficou bem boa. Deixou a rodoviária mais bonita e ajeitada”, completou o aposentado José Fernandes da Silva, que também ia pegar o rumo do Mato Grosso do Sul.

PEDIDO ANTIGO – Secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega explica que a modernização do Terminal Rodoviário Alcido Leonardi era um pedido antigo da população de Toledo. Ele lembra que a obra integra um grande pacote de intervenções do Governo do Estado no município, que conta com ações de infraestrutura, saneamento, saúde e segurança.

“São obras para melhorar a vida das pessoas, como escolas, equipamentos e serviços”, afirma.

Ortega reforça ainda a importância da parceria entre Estado e municípios, melhorando a vida da população paranaense.

“As obras acontecem porque há parceria, honestidade e transparência. São investimentos em habitação, asfalto, infraestrutura para o cidadão”, ressalta.

BOX 1
Sanepar amplia serviços de água e esgoto em Toledo

A Sanepar investiu R$ 52 milhões na ampliação do sistema de esgoto sanitário e abastecimento de água em Toledo. 6.352 novos imóveis na cidade foram integrados ao sistema de esgoto, elevando o índice de acesso à rede coletora de 80,77% para 82,36%.

Entre as obras destacam-se a implantação da Estação de Tratamento de Esgoto Rio Toledo e a execução de mais de 37,7 quilômetros de rede coletora. A ETE Rio Toledo foi uma reivindicação da comunidade e permitiu a desativação de estações de tratamento antigas, localizadas em áreas de alta concentração urbana. A estação foi construída em tempo recorde e tem capacidade para tratar 100 litros de dejetos por segundo.

O sistema de abastecimento de água também recebeu grandes recursos. Foram aplicados R$ 19,8 milhões para garantir que 100% da população continuasse a ter água potável em suas residências.

Nessa área, a Sanepar interligou dois novos poços tubulares profundos ao sistema, construiu quatro reservatórios de aço vitrificado e ampliou a rede de abastecimento de água em mais de 39,4 quilômetros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias