Domingo, 27 de Setembro de 2020 21:14
43 9 9937 4574
NOTÍCIAS TRÂNSITO!

AGÊNCIAS DO TRABALHADOR TÊM MUTIRÃO PARA ATENDER PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Em 21 de setembro, Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, serão oferecidas vagas exclusivamente para esse público e também para beneficiários do INSS reabilitados que buscam uma colocação no mercado. Veja como participar

02/09/2020 14h00 Atualizada há 3 semanas
Por: Nathália Bonhole Fonte: AEN
Na Capital, a ação acontecerá por meio de mutirão online
Na Capital, a ação acontecerá por meio de mutirão online

 

Para marcar o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, em 21 de setembro, a Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho promove nas Agências do Trabalhador de todo o Paraná o Dia D, uma ação para atender exclusivamente Pessoas com Deficiência (PCDs) e beneficiários do INSS reabilitados que buscam uma colocação no mercado.

A ação realizada pelo Departamento do Trabalho e Estimulo à Geração de Renda e pelo Departamento da Política para Pessoa com Deficiência da secretaria contará com participação de empresas dos municípios (regiões) para incentivar a inclusão social e profissional desses trabalhadores.

“O objetivo é oferecer um espaço na própria agência, que estará totalmente adaptada conforme as exigências sanitárias, para que as empresas possam realizar o processo seletivo exclusivo de candidatos com deficiência, fortalecendo a inclusão com oportunidades de emprego”, explicou Mauro Rockenbach, o secretário da Justiça, Família e Trabalho.

COMO PARTICIPAR - Devido à pandemia causada pela Covid-19, as pessoas com deficiência que buscam uma vaga de emprego devem agendar um horário para atendimento a partir de 18 de setembro pelo site http://justiça.pr.gov.br/trabalho.

Na Capital, a ação acontecerá por meio de mutirão online. As vagas exclusivas para este público serão ofertadas por empresas parceiras de Curitiba e Região Metropolitana, que receberão os currículos para análise e encaminhamento para entrevista.

O artigo 93 da Lei nº 8.213/91 determina que as empresas com 100 ou mais funcionários devem preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência, em um índice que varia de acordo com a quantidade total de empregados.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias