Quinta, 22 de Outubro de 2020 14:15
43 9 9937 4574
NOTÍCIAS MICROEMPRESA!

FOMENTO PARANÁ REGISTRA A MARCA DE 39 MIL CLIENTES ATIVOS

Mais de 90% dos clientes da instituição financeira do Governo do Estado são microempresas ou pequenos negócios formais ou informais

06/10/2020 14h32
Por: Nathália Bonhole Fonte: AEN
 Número é marco importante na semana em que se comemora o Dia Nacional da Microempresa (5 de outubro)
Número é marco importante na semana em que se comemora o Dia Nacional da Microempresa (5 de outubro)

 

A Fomento Paraná registrou ao fim de setembro a marca de 39 mil clientes ativos e uma carteira de Operações do Setor Privado de mais de R$ 351 milhões. A maioria formada por microempresas e pequenos negócios.

“Pouco a pouco estamos imprimindo mais velocidade na concessão de crédito pela Fomento Paraná e, dessa forma, conseguindo apoiar os pequenos negócios e pulverizar recursos em todas as regiões do Estado”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Para o diretor-presidente da instituição financeira estadual, Heraldo Neves, esse número é um marco importante para se registrar na semana em que se comemora o Dia Nacional da Microempresa (5 de outubro).  

“Mais de 90% dos nossos clientes são microempresas ou pequenos negócios formais ou informais que usam os recursos para movimentar a economia e com isso geram milhares de empregos e renda”, afirma.

O diretor destaca que a instituição tem sido bastante exigida desde o início da pandemia de Covid-19, tendo liberado mais de R$ 244 milhões em crédito novo para apoiar empreendedores. Outros R$ 45 milhões em valores contratados anteriormente foram renegociados com suspensão pagamentos e alongamento de prazos reduzindo o tamanho das parcelas.

“Isso tudo não seria possível sem a participação dos agentes de crédito e correspondentes por meio das parcerias que mantemos com prefeituras, associações comerciais, sindicatos e empresas especializadas”, completa Neves.

APOIO AO TURISMO - De acordo com o diretor de Mercado da Fomento Paraná, Renato Maçaneiro, nos próximos meses a instituição vai direcionar os esforços para ampliar a oferta de recursos aos empreendimentos da cadeia produtiva do turismo, que foi muito afetada desde o começo da pandemia.

“O turismo é considerado uma indústria limpa, porque hotéis, restaurantes, parques e outras estruturas provocam menos impactos no meio ambiente do que outras atividades. Ao mesmo tempo tem capacidade para gerar milhares de empregos, o que é uma ação importante e necessária nesse momento”, afirma o diretor.

“Já contabilizamos mais de R$ 22 milhões concedidos a empreendedores que atuam com atividades ligadas ao turismo, mas esperamos triplicar esse número nos próximos meses.

FOMENTO TURISMO - A Fomento Paraná é agente financeira do Fungetur – Fundo Geral do Turismo, e com isso criou a linha Fomento Turismo, com créditos de até R$ 2 milhões para investimentos e até R$ 500 mil para capital de giro.

Os prazos variam de 48 a 120 meses, conforme o investimento. A taxa de juros é de 0,65% ao mês (base outubro 2020, com atualização pelo INPC). Os empreendedores desse segmento também podem usar o Fundo de Aval Garantidor da Micro e Pequena Empresa (FAG), que garante até R$ 640 mil em operações de crédito de até R$ 800 mil reais nessa linha, substituindo a necessidade de garantias reais até esse valor.

Os estabelecimentos precisam estar no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur: https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/capa/entrar), que é gratuito.

A Abrasel-PR, entidade que representa bares e restaurantes no Paraná, é parceira da Fomento Paraná como correspondente de crédito para orientar e operacionalizar financiamentos da linha Fomento Turismo para apoiar empreendimentos associados desses segmentos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias