Sábado, 05 de Dezembro de 2020 11:00
43 9 9937 4574
SAÚDE & BEM ESTAR VALE SABER!

ENTENDA O PAPEL DOS PREBIÓTICOS E DOS PROBIÓTICOS NA NUTRIÇÃO

Juntos, eles ajudam a microbiota intestinal a ficar em equilíbrio

06/11/2020 15h40 Atualizada há 4 semanas
Por: Nathália Bonhole Fonte: Valéria Vargas
Culturelle _ Avó e Netinhos Divulgação
Culturelle _ Avó e Netinhos Divulgação

 

 Antigamente, era comum ouvirmos falar da famosa flora intestinal e das bactérias que ajudavam a recuperá-la de doenças e infecções. Mas você sabia que, hoje em dia, ela recebe um termo mais atualizado pela ciência?

Trata-se da microbiota intestinal, cujo significado é mais amplo para abranger todo o seu funcionamento. As bactérias se unem a outros trilhões de microrganismos como vírus e fungos, formando uma espécie de colônia do bem no nosso trato gastrointestinal.

E para cuidar dessa microbiota, é preciso levar em conta alguns hábitos saudáveis no nosso dia a dia. A começar pela alimentação saudável, com receitas caseiras e alimentos ricos em diferentes nutrientes.

Outro ponto importante é o uso dos probióticos e prebióticos, aliados da boa digestão.

As substâncias chamadas de prebióticos são carboidratos não digeríveis, que estimulam seletivamente a proliferação ou atividades de populações de bactérias benéficas ao intestino.

“Os prebióticos vêm da alimentação, sendo provenientes das fibras. Eles estimulam as defesas do organismo, com um efeito que chamamos de bifidogênico, que está relacionado com a produção das bifidobactérias e atua na modulação da microbiota”, explica o gastroenterologista Décio Chinzon, professor da Universidade de São Paulo (USP).

Algumas fontes de prebióticos incluem pães e grãos integrais ricos em carboidratos, além de frutas como a maçã e verduras que são repletas de fibras. Portanto, os prebióticos servem de “alimento” para os probióticos.

E quanto aos probióticos?

“Já os probióticos são microrganismos vivos que, quando são consumidos na quantidade correta para cada pessoa, podem promover saúde ao equilibrar a microbiota intestinal”, afirma Chinzon.

Eles interferem no movimento do intestino, diminuindo o efeito de fermentação causado por gases e ingestão de alguns alimentos, além de contribuir para a absorção de vitaminas e nutrientes, promovendo o equilíbrio da microbiota intestinal. 

Como eles atuam?

Os probióticos agem através da correção do desequilíbrio da microbiota e, com isso, melhoram a proteção intestinal. Há uma “competição” com os microrganismos patogênicos (que causam doenças) e diminuição da inflamação intestinal.

Além disso, favorecem a quebra das fibras alimentares (os prebióticos).

Dentre as cepas de probióticos mais bem estudadas em todo o mundo, é possível citar como exemplo o Lactobacillus rhamnosus GG (LGG®). Segundo estudos científicos, essa cepa é comprovadamente eficaz e segura para todas as faixas etárias (incluindo crianças e idosos) e gestantes.

Alguns dos benefícios do consumo do LGG ® incluem ainda o equilíbrio da microbiota intestinal, contribuindo para o fortalecimento da saúde, especialmente a digestiva. Contudo, é importante ressaltar que seja consumido com acompanhamento médico e/ou do nutricionista para usar de maneira adequada.

Cultive seu melhor

Com o slogan “Cultive Seu Melhor”, Culturelle® Probiótico chega às farmácias de todo o Brasil com um portfólio amplo, atendendo às necessidades de homens e mulheres adultos, gestantes e crianças, com recomendação para uso diário. Essa é a marca de probiótico mais prescrita por pediatras e a mais recomendada por farmacêuticos nos Estados Unidos, sendo a de maior confiança do consumidor no mercado americano.

Para adultos, Culturelle® Probiótico Saúde Digestiva tem apresentações de 10 e 30 cápsulas vegetais com 10 bilhões de culturas ativas (UFC) de origem natural, sem glúten e livre de lactose e açúcar, com recomendação de uso de 1 cápsula ao dia. Preço sugerido: R$63,99 para 10 cápsulas e R$159,99 para 30 cápsulas

Para crianças a partir de 1 ano de idade, a marca lança inicialmente Culturelle® Probiótico Junior em 2 apresentações, sachês e comprimidos mastigáveis.

A apresentação recomendada a partir de 1 ano de idade vem com 6 sachês unitários e 5 bilhões de culturas ativas (UFC). Pode ser adicionada em alimentos e bebidas para consumo. Preço Sugerido: R$32,29

Já a apresentação em 10 comprimidos mastigáveis é indicada para crianças a partir de 3 anos de idade e também vem com 5 bilhões de culturas ativas (UFC). Preço Sugerido: R$50,99

 

Sobre a Cellera Farma

Cellera Farma é resultado da aquisição do Instituto Terapêutico Delta e da empresa MIP Brasil Farma, com o investimento do grupo Principia Capital Partners em parceria com o sócio Omilton Visconde Junior, empresário com grande experiência no mercado farmacêutico brasileiro. Localizada na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo, a planta fabril tem 25 mil metros2 de área total construída, aprovada pela Anvisa como planta de produção para medicamentos, cosméticos, produtos para saúde.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias