Sábado, 16 de Janeiro de 2021 20:46
43 9 9937 4574
AGRORURAL APOIO!

GOVERNO DO ESTADO ENTREGA ADUBO PARA PRODUTORES DO LITORAL

Adubo químico foi entregue a produtores de Guaratuba e será usado para recuperar as lavouras devastadas pelo ciclone bomba, em junho

30/11/2020 14h52 Atualizada há 2 meses
Por: Nathália Bonhole Fonte: AEN
Apoio se dará principalmente para a cultura da banana, a principal da região
Apoio se dará principalmente para a cultura da banana, a principal da região

 

Produtores rurais de Guaratuba, no Litoral do Estado, receberam sexta-feira (27) sacas de adubo químico para recuperar as lavouras devastadas pelo ciclone bomba que atingiu o Paraná em junho deste ano. O auxílio foi possibilitado por um termo de convênio entre a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento e o município, no valor de R$ 800 mil, como uma resposta à situação que atingiu 176 pequenos agricultores familiares.

Os agricultores já haviam recebido uma parte das 6,9 mil sacas de 50 kg de adubo previstas. A entrega de sexta-feira aconteceu no distrito de Cubatão e contou com a presença secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

O restante deve ser encaminhado nesta semana.

“Cumprimos o compromisso de ajudar os agricultores. Esse apoio é fundamental para a recuperação das lavouras”, disse o secretário.

Ele também conversou com lideranças sobre os programas da Secretaria que podem ajudar no desenvolvimento da economia local.

BANANA - Segundo o chefe do núcleo regional de Paranaguá, Maurício Lunardon, a produção de bananas é um dos carros-chefes da região. O município de Guaratuba é o principal produtor de banana no Paraná, com 82,5 mil toneladas. Essa cultura corresponde a 39% do Valor Bruto da Produção da cidade, o que rende aproximadamente R$ 70 milhões ao ano. Mais de 90% das propriedades são de agricultores familiares.

RECUPERAÇÃO - A engenheira agrônoma e responsável técnica da Associação Pró-Agricultura Sustentável de Guaratuba (APASG), Elaine Stolf, explica que o ciclone praticamente dizimou as áreas de banana caturra no município. Já as lavouras de banana prata tiveram perdas de, pelo menos, 50%.  Com isso, os agricultores ficaram descapitalizados.

“A pouca quantidade de banana caturra recuperada só foi vendida para a indústria, que paga cerca de 20% do valor da fruta in natura que vai para o supermercado”, conta.

Outra dificuldade, segundo ela, é que alguns produtores precisaram buscar financiamento para adquirir insumos em grandes quantidades, um processo que pode levar muito tempo, em alguns casos.

“A ajuda do governo estadual vai garantir a adubação de primavera para uma área bastante considerável. Assim, o produtor terá mais tempo para juntar dinheiro para a segunda adubação ou acessar as linhas de crédito”, explica.

No caso dos produtores de banana caturra, que fizeram a renovação do cultivo ou estão dando sequência às brotações que sobraram, a adubação neste momento é fundamental para as plantas crescerem adequadamente.

“Isso vai assegurar competitividade para o ano que vem. Ainda temos chance de nos recuperar e entrar na próxima safra com boa produtividade e qualidade”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias