SICREDI TOPO
CBD 2020
CNSG 2020 TOPO
AJUDA!!

Cartão Comida Boa é acessível a inúmeras categorias de autônomos

Garçons, taxistas, artistas e outros autônomos também têm direito de requerer o benefício do programa, criado pelo Governo do Estado

12/05/2020 14h48Atualizado há 2 semanas
Por: Nathália Bonhole
Fonte: AEN
O Cartão Comida Boa é um benefício do Governo do Estado, mas as datas e locais de entrega do Cartão Comida Boa são de responsabilidade de cada município
O Cartão Comida Boa é um benefício do Governo do Estado, mas as datas e locais de entrega do Cartão Comida Boa são de responsabilidade de cada município

Diversas categorias de profissionais autônomos, como garçons, taxistas, artistas, costureiras, motoristas de vans escolares, também têm direito a requerer o Cartão Comida Boa, por meio de autodeclaração.  

Para isso, basta estar dentro dos critérios estabelecidos pelo Governo do Paraná para poder ser beneficiário. Acima de tudo, o benefício é destinado às pessoas vulnerabilizadas economicamente em decorrência da pandemia de Covid-19.

Devem ser observados os seguintes requisitos: ser trabalhador informal de qualquer natureza, maior de 18 anos de idade, ter renda familiar mensal per capita não superior a meio salário mínimo ou renda familiar mensal total não excedente a três salários mínimos.

A comprovação do atendimento aos requisitos será realizada mediante verificação da inscrição da pessoa no Cadastro Único da Assistência Social (CadÚnico) ou, na sua falta, mediante preenchimento da Autodeclaração, na forma do Anexo I.

“É uma pequena mas importante ajuda neste momento em que os rendimentos foram afetados de maneira geral, especialmente para os profissionais autônomos”, diz o secretário Ney Leprevost.

Para a manicure autônoma Itamara Paula Azevedo, de 28 anos, que retirou nesta terça-feira o seu benefício, o Cartão Comida Boa é uma boa ajuda financeira para a alimentação de sua filha.  “Vai complementar o que recebo de outros benefícios e ajudará a comprar leite, iogurte e outros itens para minha filha”, disse.

"Estou necessitado porque meu trabalho é autônomo e não está tendo serviço nenhum, então esses 50 reais vão me ajudar muito para por comida dentro da minha casa”, explicou o mecânico João Macedo Filho, de 58 anos. Ele também já retirou seu benefício.

SEM RENDA - O garçom autônomo Mateus trabalha em restaurantes durante o final de semana e acabou perdendo sua renda por conta da pandemia. “Fiquei sabendo do benefício por uma amiga, fiz o cadastro, já retirei e vai me ajudar muito”. 

Roseli Benedito dos Santos, 44 anos, cuidadora de idosos, autônoma, também viu os rendimentos despencarem por conta da pandemia e retirou na manhã desta terça o seu Cartão. “O atendimento foi muito bom e rápido, e o cartão vai ajudar para as compras do mês para meus filhos gêmeos”.

Já a manicure Margarete de Souza Ferreira cuida sozinha de seus dois filhos e também dos pais, que moram com ela. “O cartão vai me ajudar muito quem não tem renda fixa, como eu. É uma ação social que realmente faz a diferença na vida das pessoas”, observou. 

COMO RETIRAR– O Cartão Comida Boa é um benefício do Governo do Estado, mas as datas e locais de entrega do Cartão Comida Boa são de responsabilidade de cada município.

Em Curitiba, os cartões serão distribuídos até esta quarta-feira. Os endereços dos pontos de entrega estão no site www.cartaocomidaboa.pr.gov.br, criado e administrado pela Celepar.

Para evitar aglomerações, é importante que seja respeitado o calendário de retirada dos cartões: nascidos em maio e  junho retiram na terça-feira (12/05) pela manhã; nascidos em julho e agosto, na terça à tarde; nascidos em setembro e outubro devem ir aos pontos de entrega na quarta-feira (13/05) pela manhã; e os nascidos em novembro e dezembro, na quarta à tarde.

Outra forma de receber informações sobre o Comida Boa é o telefone 0800 200 4150.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.