CBD 2020
CNSG 2020 TOPO
SICREDI TOPO
RODOVIAS

Ministério da Infraestrutura libera duplicação de 8,3 km na BR-163/PR

Trecho entregue no Estado vai de Vila Ipiranga até Quatro Pontes

13/05/2020 15h37Atualizado há 3 semanas
Por: Nathália Bonhole
Fonte: AESCOM/Minfra
 São mais de R﹩ 375 milhões em investimentos e a expectativa é de que as obras sejam concluídas no início de 2021
São mais de R﹩ 375 milhões em investimentos e a expectativa é de que as obras sejam concluídas no início de 2021
O Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), avança com as obras de duplicação da BR-163 no Paraná. Nesta quarta-feira (13), foram liberados 8,3 quilômetros de pista dupla, entre Vila Ipiranga e Quatro Pontes. A rodovia federal é um dos principais eixos logísticos para o escoamento de produtos dos estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul, permitindo, assim, o acesso aos portos de Paranaguá (PR) e Itajaí (SC).
 
As obras fazem parte do trecho entre Toledo e Marechal Rondon, de 40 quilômetros, dos quais 20 quilômetros já foram entregues em maio passado. São mais de R﹩ 375 milhões em investimentos e a expectativa é de que as obras sejam concluídas no início de 2021.
 
"Com essa entrega já são quase 30 quilômetros duplicados nesta rodovia essencial para a logística brasileira, especialmente para o escoamento de grãos. Ou seja, uma rodovia importante não apenas para o Paraná, mas também para toda a região", destacou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.
 
O trecho duplicado vai do Km 257 ao Km 265,3, com três retornos em nível e interseção com Obras de Artes Especiais (OAEs) no distrito de Dois Irmãos. No local, visando a segurança dos usuários, o trecho conta com sinalização. Técnicos do DNIT, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), acompanham a liberação da via duplicada.
 
OBRAS - A BR-163/PR está sendo duplicada em dois segmentos. O primeiro é entre Cascavel e Marmelândia, com extensão total de 74 km e que já está com 20,18 km liberados para o tráfego, entre a BR-277/PR e o distrito de Santa Maria. O segundo trecho é entre Toledo e Marechal Cândido Rondon.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.